88. Onde está o meu queijo?

A propósito de um video reportagem muito bem feito enviado por um amigo, decidi escrever este pequeno texto. Há muitos anos li “Quem mexeu no meu queijo”, um livro incrível cheio de indicações interessantes para todas as pessoas que se interessam pelo comportamento humano. Fica aqui a referência. Curioso foi depois de ver este videoContinue a ler “88. Onde está o meu queijo?”

86. As equipas do Kiko Costa

Escrevi e escrevo muito pouco sobre andebol… Talvez por causa da subjectividade, da paixão ou por me ser difícil muitas vezes expressar o que sinto… Lembro-me de uns textos em jornais e opiniões públicas que manifestei, mas muito pouco. O andebol está naquilo que de melhor e mais profissional o ser humano é capaz deContinue a ler “86. As equipas do Kiko Costa”

85. Social Now

  First day of Social Now 2022. The best conference, organized by a group of Tech and Human-driven people. I am honoured to be a Speaker with 15 minutes of free thinking about Human Skills that design each corporate performance environemnt. Thank you Social Now… and Ana Neves @Knowman, Knowledge Management experts. I wanted toContinue a ler “85. Social Now”

84. OpenAI test

Artificial Intelligence. Wowowww. Muito potencial está aí a aparecer todos os dias. Contudo, não é menos verdade que esse potencial tem ficado em muitos casos nisso mesmo. Os resultados de muitas das aplicações de AI aos negócios, à saúde e à indústria não têm sido os melhores. Deixo aqui algumas causas para os resultados menosContinue a ler “84. OpenAI test”

83. Quem escreveu?

Um amigo enviou-me este texto, porque sabia do meu interesse sobre o tema. O desafio desta publicação é o de identificar a pessoa que recolheu criticamente esta informação mas não quis ser identificado 🙂 Grande parte do mundo quer saber quem é o Satoshi Nakamoto. Eu gostava mesmo de saber quem escreveu este texto. AlguémContinue a ler “83. Quem escreveu?”

70. Ter trabalho é ter sucesso

Desde cedo que percebi que a minha “estabilidade” mais pessoal, passa por me sentir produtivo em várias actividades, independentemente da sua natureza. Enquanto estudava no ISCTE, em 1998, ao mesmo tempo em que jogava andebol no Sporting e na seleção nacional, achei que tinha umas horas livres e inscrevi-me como comercial numa imobiliária de bairroContinue a ler “70. Ter trabalho é ter sucesso”

68. Máquin.us

Os pressupostos: Somos pessoas, únicas e complexas; Somos pessoas, que sentimos, que comunicamos e que fazemos; A velocidade de processamento do homem é 60 bits/segundo; A velocidade de processamento da máquina é 0,0000000001 segundos/resposta; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento do cérebro; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento das máquinas queContinue a ler “68. Máquin.us”

61. Como ser mais eficaz a aprender?

Performance Individual de Atletas Depois de ter deixado o Andebol enquanto Atleta, permaneci na modalidade com a relação “umbilical” intacta. Nos primeiros anos na Federação, acompanhei a seleção nacional de Andebol em Estágios e competições, nos séniores e Sub-21. Em relação ao treino do Andebol, não fui nem serei treinador. Só treinei uma equipa deContinue a ler “61. Como ser mais eficaz a aprender?”