76. Estou a escrever!

Todos, sem excepção, vivemos na mesma vida, no mesmo espaço universal pelo menos. Todos, com algumas excepções, vivemos, quase exactamente, os mesmos desafios humanos, à medida que vamos crescendo, aprendendo a movimentar-nos, a respirar, a comer, a descansar e a relacionar-nos. Todos, sem muitas excepções, copiamos mentalmente primeiro e depois bio mecânicamente o que vemosContinue a ler “76. Estou a escrever!”

75. Não conhecemos o desconhecido

Mas podemos preparar-nos melhor para conhecer… Em 2021, fundámos a Sportrack enquanto empresa (MBU, VOID, QSR), enquanto produto e enquanto rede profissional de apoio aos desportistas nacionais. Um ano depois apresentamos no pitch deck as realizações e as intenções. Apesar das dificuldades do ano relacionadas com a Covid-19, as dificuldades dos atletas para se sentiremContinue a ler “75. Não conhecemos o desconhecido”

69. O desporto social é sempre a base

O Alto Rendimento e tudo o que tem associado cria-nos uma miopia grande em relação ao médio rendimento ou ao desporto social. O valor da carreira no Alto Rendimento, promove relacionamentos fortes e duradouros, que penso estarem relacionados com a competição, a responsabilidade, a ambição e a intensidade com que Atletas, treinadores, médicos, fisioterapeutas, etc,Continue a ler “69. O desporto social é sempre a base”

68. Máquin.us

Os pressupostos: Somos pessoas, únicas e complexas; Somos pessoas, que sentimos, que comunicamos e que fazemos; A velocidade de processamento do homem é 60 bits/segundo; A velocidade de processamento da máquina é 0,0000000001 segundos/resposta; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento do cérebro; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento das máquinas queContinue a ler “68. Máquin.us”

66- Vida Artificial – “Hello World”

Há ainda poucos portugueses a falar acerca de vida artificial. Duas referências que gostaria de vos apresentar são o Pedro Domingos, autor do Algoritmo Mestre, sendo referenciado internacionalmente por Bill Gates e tecnólogos reconhecidos, e o Vitor Santos, professor na IMS da Nova, PhD em ciências da computação. É o Vitor que me faz escreverContinue a ler “66- Vida Artificial – “Hello World””

65. Como construir uma equipa responsável?

Dia 15.11.2021, lançamos um novo site na MBU. A MBU foi fundada pelo meu amigo Nelson Fernandes, em 2004. Um tempo depois, corria o ano de 2008 e tive a certeza de que a partir da minha saída do Andebol utilizaria sempre uma base de conhecimento humano e profissional na MBU, que conseguisse relacionar pessoasContinue a ler “65. Como construir uma equipa responsável?”

63. Perguntei ao tempo, como ser e estar

Respondeu que não fazia sentido a pergunta e que nós humanos passaríamos por ele à mesma velocidade, sem vaidades nem ultrapassagens. Eu o tempo, não sou mais do que uma convenção na terra que se tem vindo a utilizar para justificar o compromisso de uns e o desleixo de outros.  O tempo em que coincidimosContinue a ler “63. Perguntei ao tempo, como ser e estar”