88. Onde está o meu queijo?

A propósito de um video reportagem muito bem feito enviado por um amigo, decidi escrever este pequeno texto. Há muitos anos li “Quem mexeu no meu queijo”, um livro incrível cheio de indicações interessantes para todas as pessoas que se interessam pelo comportamento humano. Fica aqui a referência. Curioso foi depois de ver este videoContinue a ler “88. Onde está o meu queijo?”

86. As equipas do Kiko Costa

Escrevi e escrevo muito pouco sobre andebol… Talvez por causa da subjectividade, da paixão ou por me ser difícil muitas vezes expressar o que sinto… Lembro-me de uns textos em jornais e opiniões públicas que manifestei, mas muito pouco. O andebol está naquilo que de melhor e mais profissional o ser humano é capaz deContinue a ler “86. As equipas do Kiko Costa”

85. Social Now

  First day of Social Now 2022. The best conference, organized by a group of Tech and Human-driven people. I am honoured to be a Speaker with 15 minutes of free thinking about Human Skills that design each corporate performance environemnt. Thank you Social Now… and Ana Neves @Knowman, Knowledge Management experts. I wanted toContinue a ler “85. Social Now”

82. Obrigado Sporting e APDSI

Há dias e dias. Esta semana voltei mais uma vez ao passado. O Núcleo do Sporting de Castelo Branco resolveu convidar-me para uma conversa sobre as memórias do tempo em que joguei andebol do Sporting Clube de Portugal. Deixo aqui as 2 partes da entrevista. 1ª parte 2ª parte Mas a entrevista Sportinguista, foi sóContinue a ler “82. Obrigado Sporting e APDSI”

75. Não conhecemos o desconhecido

Mas podemos preparar-nos melhor para conhecer… Em 2021, fundámos a Sportrack enquanto empresa (MBU, VOID, QSR), enquanto produto e enquanto rede profissional de apoio aos desportistas nacionais. Um ano depois apresentamos no pitch deck as realizações e as intenções. Apesar das dificuldades do ano relacionadas com a Covid-19, as dificuldades dos atletas para se sentiremContinue a ler “75. Não conhecemos o desconhecido”

71. Bom ano, novo desafio!

Nota introdutória – acerca de um livro… Google para organizar informação, Apple para devices e acesso à rede, Facebook para vender, Linkedin para existir profissionalmente, Netflix para ver entretenimento, Amazon para e-commerce e infraestruturas técnicas, Oracle e Microsoft para serviços e bases de dados, TikTok e Instagram para marketing digital e consumo, e-bay para venderContinue a ler “71. Bom ano, novo desafio!”

70. Ter trabalho é ter sucesso

Desde cedo que percebi que a minha “estabilidade” mais pessoal, passa por me sentir produtivo em várias actividades, independentemente da sua natureza. Enquanto estudava no ISCTE, em 1998, ao mesmo tempo em que jogava andebol no Sporting e na seleção nacional, achei que tinha umas horas livres e inscrevi-me como comercial numa imobiliária de bairroContinue a ler “70. Ter trabalho é ter sucesso”

68. Máquin.us

Os pressupostos: Somos pessoas, únicas e complexas; Somos pessoas, que sentimos, que comunicamos e que fazemos; A velocidade de processamento do homem é 60 bits/segundo; A velocidade de processamento da máquina é 0,0000000001 segundos/resposta; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento do cérebro; Existem iniciativas globais a estudar profundamente o comportamento das máquinas queContinue a ler “68. Máquin.us”

66- Vida Artificial – “Hello World”

Há ainda poucos portugueses a falar acerca de vida artificial. Duas referências que gostaria de vos apresentar são o Pedro Domingos, autor do Algoritmo Mestre, sendo referenciado internacionalmente por Bill Gates e tecnólogos reconhecidos, e o Vitor Santos, professor na IMS da Nova, PhD em ciências da computação. É o Vitor que me faz escreverContinue a ler “66- Vida Artificial – “Hello World””

62. Como ser bem aceite numa nova equipa?

Performance de Equipas Esta pergunta dava para escrever um livro, e a experiência é curta em termos das equipas desportivas (3 equipas mas muitas mudanças internas) e muito rica em termos das equipas corporativas (muitas equipas diferentes com contextos e realidades operacionais muito diferentes). A melhor lição que levo do desporto tem somente a verContinue a ler “62. Como ser bem aceite numa nova equipa?”