101. 7 metros

O segredo é não haver segredo.

Oube Láaa

Ainda assim depois de uma pessoa me ter perguntado, qual o segredo para uma carreira no desporto de alto rendimento respondi:

1- paciência
2- não desistir (paciência)
3- concentração (paciência)

E depois temos lesões…

Recordo 2001 para homenagear um conjunto de pessoas que se aventurou a produzir uma revista de Andebol em Portugal – 7 metros.

Jaime Ferreira foi o impusionar e criador do conceito, numa época em que o desporto modalidades ainda tinha alguma relevância nos principais canais de TV públicos e sobretudo nas páginas dos pasquins desportivos.

Luis Graça, Vasco Grijo e Miguel Ribeiro foram os redactores da revista, que contava com a colaboração do nosso amigo Rui Guimarães .

A fotografia era da responsabilidade do Jorge Santos e do Nuno Alegria.

Filipe Ferreira era o informático, a Ana Cristina Amorim a assistente de direção, o Miguel Gaspar e o Mário Mousaco os responsáveis pela paginação, e teve uma tiragem de 15,000 exemplares.

Tive a honra de ser convidado para o número 1 desta revista, mas o que não sabem os criadores da revista é que a revista deu a volta ao mundo, nas malas de muitos atletas, alguns deles de grande nível internacional.

Um desses acontecimentos mais dramáticos da vida do andebol, trouxe este número 1 até às minhas mãos através da viúva do Vladimir Rivero, falecido guarda-redes do Portland San António. Ele comprava todas as revistas de andebol no mundo.

Tenho o Nº1, 3 e 5. Alguém os outros números. Não sei quantos números há.

Obrigado a esta equipa tão importante na promoção do desporto e do andebol em Portugal, em anos em que a atenção dos portugueses estava mais perto porque havia menos confusão nos media e mais deporto dentro de campo.

Publicado por Ricardo A.

Business Performance and Sports Analytics

%d bloggers like this: