75. Não conhecemos o desconhecido

Mas podemos preparar-nos melhor para conhecer…

Em 2021, fundámos a Sportrack enquanto empresa (MBU, VOID, QSR), enquanto produto e enquanto rede profissional de apoio aos desportistas nacionais.

Um ano depois apresentamos no pitch deck as realizações e as intenções.

Apesar das dificuldades do ano relacionadas com a Covid-19, as dificuldades dos atletas para se sentirem confortáveis a competir ao mais alto nível e o esforço da comunidade para continuar a realizar provas com impacto desportivo e social, foi possível entregar resultados de excelência e um apoio transversal aos Atletas Sportrack.

Atribuímos através dos nossos Sponsors 1.800 créditos que correspondem a 1.800 euros nas contas/wallets de atletas. Promovemos e pagamentos na nossa rede de profissionais em cerca de 10.000 euros e investimos até ao final do ano cerca de 22.200 euros no desenvolvimento do produto e marketing. Estamos em contínuo a formar gestores de atletas dedicados a cada uma das modalidades desportivas, que serão capazes de identificar o profissional certo dentro da rede para determinado contexto e Atleta, agregando também a responsabilidade de ir mostrando ao Atleta a protecção que esta rede lhe confere por centralizar grande parte dos serviços desportivos que este necessita numa base diária e recorrente.

Em 2022 temos a ambição de garantir autonomia total à vontade de Sponsors de carreiras desportivas e de Atletas Sportrack, ficando estes aptos a utilizarem a plataforma como ferramenta de marketing, partilha de performance, resultados e melhores momentos, de forma gratuíta, mas onde poderão também de forma independente comprar créditos para desenvolverem a sua carreira com um gestor dedicado Sportrack especialista na sua modalidade e sem intenções de transacionar o Atleta.

Não conhecemos o desconhecido, mas conhecemos em 2021 uma realidade desportiva durísima no desenvolvimento de carreiras que merecem ser acompanhadas com responsabilidade, garantindo e protegendo o futuro daqueles que continuam a sonhar com os pódios de todas as competições onde participam.

Publicado por Ricardo A.

Business Performance and Sports Analytics

%d bloggers like this: