71. Bom ano, novo desafio!

Nota introdutória – acerca de um livro

Photo by Pixabay on Pexels.com

Google para organizar informação, Apple para devices e acesso à rede, Facebook para vender, Linkedin para existir profissionalmente, Netflix para ver entretenimento, Amazon para e-commerce e infraestruturas técnicas, Oracle e Microsoft para serviços e bases de dados, TikTok e Instagram para marketing digital e consumo, e-bay para vender velharias, spotify para ouvir música, “Revolutes” para a banca digital, hipermercados online para as compras de casa, etc, etc, etc. As grandes empresas dominam a informação sobre os seus utilizadores, mas a sociedade tem perdido a capacidade de se relacionar de forma humana e transparente. A família como instituição mudou radicalmente, as relações afectivas perderam longevidade, e as equipas de trabalho ganharam uma velocidade de desintegração que custa às empresas milhões de euros a cada ano. Taxas de natalidade consistentemente baixas e uma maior esperança de vida estão a transformar a forma da pirâmide etária da UE; provavelmente a mudança mais importante será a transição marcada para uma estrutura populacional muito mais antiga, uma evolução que já é visível em vários Estados-Membros da UE.

Como resultado, a proporção de pessoas em idade activa na UE está a diminuir enquanto o número relativo de reformados está a aumentar. A percentagem de pessoas idosas na população total aumentará significativamente nas próximas décadas. Isto, por sua vez, conduzirá a um aumento dos encargos para as pessoas em idade activa, a fim de cobrir as despesas sociais exigidas pelo envelhecimento da população para uma série de serviços relacionados.

Photo by Harsch Shivam on Pexels.com

O objectivo da escrita deste livro é antecipar cenários que se acentuaram com a covid.19 enquanto doença global, e permitir a gestores e líderes empresariais utilizar uma abordagem sistémica nas suas organizações, melhorando a análise do contexto das empresas, a interpretação dos movimentos patrimoniais e a identificação de pessoas se ainda existirem e indicadores de gestão críticos na previsão de impactos fortes nas suas contas, caso os mecanismos de financiamento das actividades económicas e as políticas actuais não sejam radicalmente revistas. 

Vamos ver o que sairá daqui durante o ano!

Feliz 2020!

Forte abraço

Publicado por Ricardo A.

Business Performance and Sports Analytics

%d bloggers like this: